sexta-feira, 10 de novembro de 2017

O que tiver de ser seu, será!

São três e meia da manhã, eu acordei e senti aquele vazio, algo que me faz sentir o maior dos medos, aquele que sobe do começo da espinha e sobe até a ponta da cabeça e eu não sei se vou conseguir dormir mais.
Eu me lembro, não parece mas já faz um mês, eu estava aqui com você, nós sorríamos, nós nos deitávamos por horas, não fazendo nada, apenas desfrutando a companhia um do outro, mas você foi embora, você se foi quando eu estava mais perdido, eu só estava pedindo ajuda.
Eu sei o quanto pareço estar quebrado, mas foi o que a vida me fez, eu nunca escolhi os problemas que tive, eu só escolhi ser forte para suportar todos até não conseguir mais e foi quando você chegou em minha vida, eu senti que poderia ser você, mas você partiu, eu te entendo, era difícil demais ficar aqui, era difícil como é difícil para mim, mas não tenho outro lugar para ir, só tenho aqui para ficar, também não gosto desse lugar, dessas pessoas, mas de alguma forma sinto que escolhi estar aqui e aqui vou permanecer.
Os dias não tem mais o mesmo sabor, só quando eu chego em casa, vejo o sol, algo que aprendi a gostar vendo seu brilho, eu só sabia que eu estava vivendo tudo exatamente como vivia com você, fazendo cada mínima situação como fazíamos, porém, tendo você ao medo lado apenas no coração.
Eu não entendo porque acabou, me disseram que se eu visse algo específico como vi em você eu teria a certeza de que não deveria procurar mais, eu teria a certeza de que tudo tinha valido apena até ali, mas como faço para as coisas voltarem a ser como antes? Você está agora a centenas de quilômetros de mim e mesmo que eu quisesse correr e te abraçar, ainda sim eu não poderia, talvez até você já tenha encontrado melhor conforto do que o meu, eu espero que sim, não gostaria que você sentisse o vazio que eu estou sentindo agora.
Eu pego uma foto nossa, olho para essa foto por horas, eu gostaria de ter forças para rasgar, eu realmente até tentei, mas algo diz que aquilo não acabou, de que vale a pena guardar essa memória, pode ser um fundo de esperança vazio, mas a esperança sempre vai existir, eu acho que te amo mesmo, eu só tive certeza quando senti que você tinha realmente saído da minha vida, agora serei uma casca mais vazia do que eu já era.
Sabe, embora pareça, eu não quero que sintam pena de mim, eu só quero ser olhado, eu só quero ser observado com carinho, da mesma forma que você fazia, eu quero que você me abrace e me faça carinho até eu adormecer, eu quero ficar horas grudado em você ouvindo o vendo passar lá fora, eu só quero isso e eu nunca quis tanto algo na minha vida como quero isso agora.
Eu deveria ter lutado mais, eu não deveria ter deixado você ir embora, eu não deveria ter mostrado como eu realmente estava por dentro, meus amigos tentam me tirar de casa, mas eu não consigo sair, tudo tem seu cheiro, tudo tem você e eu quero ficar o mais próximo de você que eu poderia a saudade já é algo que só machuca.
Eu pensei, você poderia ser a mãe dos meus filhos, porque vi em você aquela luz, eu já até pensei ter encontrado essa luz em outros caminhos antes, mas foi o caminho até você que me mostrou como essa luz era e eu não aceito que isso aconteça assim, hoje mesmo eu vou lutar para ter você de volta e um dia vou escrever exatamente tudo o que pensei antes de te mandar aquela mensagem...



Nenhum comentário: